sexta-feira , 24 março 2017
Home / Infraestrutura / Metrô de SP recebe conexão WiFi

Metrô de SP recebe conexão WiFi

A Companhia do Metropolitano de São Paulo, por intermédio do governador estadual Geraldo Alckmin, anunciou no início de fevereiro que estará implantando conexão wireless gratuitas nas 40 estações do sistema. O serviço é uma parceria entre a operadora e a N1 Telecom, entrando em vigor no próximo dia 5.

Ao todo, serão 34 novas estações que receberão a internet gratuita, além das seis estações que já dispõem do serviço atualmente. Também terão a cobertura do sinal aumentada, com a substituição dos equipamentos.

“A partir deste domingo serão 20 estações do metrô com conexão WiFi gratuita”, comentou Alckmin. As vinte estações restantes receberão o sistema no início de março.

Para que o usuário usufrua da tecnologia, é necessário realizar um cadastro gratuito, com nome, e-mail e telefone. Se preferir, o usuário pode compartilhar os dados do Facebook ou LinkedIn com botões de integração.

A conexão WiFi do Metrô permite que as pessoas utilizem a internet com velocidade média de 1 mbps. As estações terão capacidade para receber mais de 400 acessos simultâneos, em média.

Nas estações de maior fluxo, essa capacidade deve superar 2.000 usuários, graças a infraestrutura instalada de fibra óptica e equipamentos de propagação de wireless para alta densidade de usuários.

Entretanto, a implantação não é pioneira na América Latina: em 2016, o metrô de Buenos Aires, operado pela Metrovias, instalou sistema similar nas suas 74 estações. Lá, além deste transporte ser o mais antigo da América Latina, é também um dos mais extensos.

Tanto no metrô de São Paulo quanto o Subte argentino, o usuário pode acessar seus e-mails, WhatsApp e redes sociais isento de tarifação ou limite.