Île-de-France ganha nova geração de trens

0
121
views

Um consórcio formado pelas empresas Bombardier e Alstom venceu uma concorrência em janeiro para o fornecimento de 71 novos trens para as linhas D e E da operadora SNCF em Île-de-France, na Grande Paris. O valor do contrato foi fechado em 1,16 bilhão de euros.

As primeiras unidades devem ser entregues a partir de 2021. Este pedido faz parte de um grande projeto da STIF, a autoridade de transporte em Île-de-France, que pretende investir cerca de 3,75 bilhões de euros para o financiamento de 255 novos trens (133 para a linha D e outros 125 para a linha E). É o maior investimento já feito na história da empresa.

O novo contrato vai reformular a frota existente, que está ociosa com os seus 30 anos de idade. Os usuários das linhas D e E receberão trens mais modernos, frequentes e confortáveis, informou a Bombardier em nota oficial.

Mais de 2000 pessoas irão trabalhar no consórcio Alstom-Bombardier, incluindo 550 engenheiros experientes, garantindo assim a manutenção de 8 mil postos de trabalho no mercado ferroviário francês.