segunda-feira , 24 abril 2017
Home / Financeiro / BNDES lucra R$ 4,2 bilhões até setembro

BNDES lucra R$ 4,2 bilhões até setembro

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) divulgou esta semana o balanço de operações até o mês de setembro deste ano. A principal instituição que financia projetos de infraestrutura e outros atingiu lucro líquido de R$ 6,414 bilhões no terceiro trimestre de 2016.

Com isso, foi possível reverter o prejuízo apurado no primeiro semestre do ano, de R$ 2,174 bilhões, para um lucro de R$ 4,240 bilhões entre janeiro e setembro deste ano.

Em nota, a estatal apontou como um dos fatores positivos do lucro do terceiro trimestre foram os créditos tributários no montante de R$ 4,514 bilhões, sobre o estoque de provisão para risco de crédito do Banco, que totalizou R$ 11,6 bilhões em setembro de 2016, constituídos, substancialmente, neste ano.

No intervalo compreendido entre os nove meses do ano, o BNDES destaca a despesa com provisão para risco de crédito, que atingiu R$ 7,008 bilhões, um aumento de R$ 6,341 bilhões em relação ao mesmo período de 2015; e a despesa com provisão em investimentos, no total de R$ 5,270 bilhões (R$ 3,310 bilhões nos nove primeiros meses de 2015), dos quais R$ 5,151 bilhões foram reconhecidos no primeiro semestre.

Apesar dos números aparentarem positivos, a realidade é outra para o setor de transportes, em especial o ferroviário: projetos considerados espinha dorsal para o estado de São Paulo, como o Trem Intercidades e a Linha 6 – Laranja do metrô, estão paralisados por dificuldades na captura de financiamentos via BNDES.

Diversos executivos do setor, entidades de classe e economistas conversam nos bastidores sobre conseguir outros meios de financiamento para estes projetos, além de aguardarem o desenrolar das concessões de transporte ferroviário de carga. Não se definiu, porém, qual seria a fonte financiadora.

O documento completo com os resultados detalhados do BNDES pode ser encontrado neste endereço.