Avelleda sugere envio de propostas de VLT para SP

Secretário enfatizou que “os projetos precisam vir com aportes inclusos”, e que não serão realizados mediante a Lei 8666/93.

0
276
views

O secretário de Mobilidade e Transportes de São Paulo, Sergio Avelleda, sugeriu em evento ocorrido hoje na FIESP que a indústria ferroviária nacional envie propostas para a inserção de VLT (Veículo Leve sobre Trilhos) na cidade.

Até então, a prefeitura avaliou um projeto de VLP feito pelo urbanista Jaime Lerner, sob encomenda do Sindicato da Habitação (SECOVI). Conforme relatado aqui na Revista Estação Ferroviária, trata-se de uma linha que atenderia diversos pontos turísticos do centro da cidade, conectando com estações de metrô e outros modais.

Avelleda enfatizou que “os projetos precisam vir com aportes inclusos”, e que não serão realizados mediante a Lei 8666/93.

A cidade de São Paulo detém a maior frota de ônibus do mundo, com 15 mil unidades. De acordo com Avelleda, a prefeitura de São Paulo estuda meios para priorizar o transporte público integrado, com trens, metrôs, VLTs e ônibus, para desestimular o uso do automóvel.

“O século XX foi a era do transporte individual, e na década de 1910, com a chegada da indústria automotiva, as cidades foram se adequando aos carros. Entretanto, hoje constatamos que as grandes metrópoles do mundo estão congestionadas ou paradas”, comentou o secretário.

Avelleda também citou o caso de Los Angeles, nos EUA, que investiu em enormes rodovias e todas elas se encontram congestionadas. “É preciso inverter as prioridades de transporte para o que é mais correto e natural, ou seja, transportes públicos como principal meio de deslocamento. Os automóveis deverão se adequar e aprender a conviver desta maneira”, finalizou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here