Alstom atinge menor número de pedidos em carteira em 2016

0
98
views

A multinacional francesa Alstom registrou 0,9 bilhões de euros em pedidos entre os meses de abril e junho deste ano, um número mais enxuto ante os 2 bilhões de euros conquistados no mesmo período do ano passado.

As vendas, por outro lado, subiram organicamente 7% este ano, atingindo 1,7 bilhão de euros. Os pedidos em carteira acumulados até 30 de junho de 2016, registraram 29,7 bilhões de euros, representando quatro anos de vendas.

De acordo com Henri Poupart-Lafarge, CEO mundial da Alstom, “a empresa conquistou pequenos contratos no primeiro trimestre deste ano. O baixo número de pedidos não reflete a atividade comercial, que se manteve forte e será traduzida em um maior número de pedidos nos próximos trimestres”.

A Alstom recentemente venceu uma licitação para o fornecimento de trens regionais na Itália, que não foi contabilizada ainda. Também será responsável pela extensão do metrô de Dubai, na Hungria.

Além disso, a empresa venceu uma concorrência para repintar os trens Pendolinos da operadora Angel Trains, do Reino Unido, por 28 milhões de euros; e também fará a manutenção dos trens Class 180 operados pela britânica Grand Central Railway Company Limited, por um período de 10 anos.

Por fim, em sintonia com a estratégia da empresa para 2020, a Alstom adquiriu recentemente a CTLE shares (Commuter Transport & Locomotive Engineering), reforçando a sua presença na África do Sul. Também assinou um acordo para produzir trens regionais Coradia na Argélia, e adquiriu as ações da Nexans, em Marrocos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here